Oscar Pistorius vive como voluntário em igreja e mora com tio após sair da prisão – Lance!

0

Desempregado, ele trabalha como voluntário em igreja cristã. A informação é do “El País” e foi publicada pelo “O Globo”.

Os antigos amigos de Pistorius o condenaram ao ostracismo e ninguém o ajudou a encontrar trabalho, segundo o “El País” com base na mídia norte-americana. O ex-atleta entrou em contato com pelo menos dois membros do Comitê Paralímpico Internacional para saber se havia alguma possibilidade de trabalho, mas foi rejeitado na tentativa de retornar ao mundo esportivo.

– Ele é muito tóxico para trabalhar agora. Não há nada para ele aqui – admitiu um dos integrantes do comitê ao “The New York Post”.

O ex-atleta estava no auge de sua carreira quando matou a namorada, a modelo Reeva Steenkamp, então com 29 anos, com quatro tiros na porta do banheiro de sua casa em Pretória. Ele admitiu ter atirado nela, mas alegou que a confundiu com uma ladra.

Pistorius, que fez história em 2012 ao se tornar o primeiro atleta duplamente amputado a competir nos Jogos Olímpicos e tem diversas medalhas no currículo, ficará sob vigilância até o fim oficial da sua pena, em 2029.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *