euronet

Clube japonês entra com ação na Fifa contra Carille, do Santos.

O clube japonês anunciou a rescisão contratual com o treinador e protocolou uma ação na Fifa contra o profissional santista e sua comissão, formada por Leandro da Silva, César Carvalho Mendes e Dênis Faria Lupp, cobrando a multa rescisória e outras penalidades. O V-Varen Nagazaki entende que o Santos contratou Carille enquanto o técnico tinha vínculo vigente com o clube japonês, que cobra o pagamento da multa rescisória no valor de R$ 7,3 milhões. (Foto: Raul Baretta/ Santos FC)

Porém, o Peixe defende que o contrato de Carille com a equipe japonesa terminou no dia 1º de janeiro.

Assim, ele estava livre no mercado quando sacramentou a vinda para o Alvinegro Praiano. O treinador foi registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF no dia 12 de janeiro. Com Carille, o Santos lidera o Paulistão e garantiu vaga antecipada ao mata-mata do estadual após vencer o São Paulo.

Vou deixar você saber o que for feito. O progresso futuro será relatado pelo clube. Tudo sobre

Exit mobile version